Search

Compre um Jetpack e vá para o trabalho voando!

Quando eu era pequeno (isso faz muito tempo!) adorava assistir aos desenhos animados dos Jetsons. Seus criadores imaginavam um futuro com casas flutuantes e carros espaciais! Um futuro próximo! Imaginava-se que no ano 2000 já estaríamos todos voando em "engenhocas" individuais como aquelas, para ir ao mercado, ao trabalho etc.

Agora, em 2010, chega ao mercado um "brinquedo" que é capaz de voar durante 30 minutos a uma velocidade de 96,5 Km/h. Criado pela Martin Aircraft Company Limited, empresa da Nova Zelândia, o Martin Jetpack é um "foguete particular" com duas turbinas, feito com fibra de carbono e que lhe permite voar até 2.400 metros de altura! O combustível usado é a gasolina comum.

Não é só um protótipo! A empresa já está comercializando o aparelho por US$ 100 mil (cerca de R$ 160 mil). Caro não é!!! Mas se você tiver "bala na agulha", basta um sinal de US$ 50 Mil e receberá o aparelho em casa.

Nos EUA já existem projetos que criam estradas aéreas, tridimensionais, visíveis por meio de aparelhos GPS, por onde devem transitar para não causar cidentes.

A previsão é que, em dez anos, teremos veículos como esse cruzando os céus. Chega de ficar parado atrás de uma fileira de carros na hora do rush!

Tava juntando um dinheirinho pra comprar meu primeiro "carrinho", mas vou esperar um pouco mais... Juntar um pouco mais... E comprar meu Jetpack! Uh uh...

Na próxima encarnação, é claro!!!

O inventor Glenn Martin posa com o veículo

Fonte: Revista Imagine - fevereiro de 2010.

2 comentários:

  1. Na série Perdidos no Espaço exibida nos anos 70, já filmavam com equipamentos similares e funcionais a este. Só agora, passados 40 anos é que talvez, quem sabe, eles se tornarão populares... DEMOROU!!!

    ResponderExcluir
  2. Não adianta, as coisas mudam, parecem modernas mas não são. O motor de combustão interna já existe a bem mais de 120 anos, portanto estes carrões importados cheios de tecnologia, na verdade estão atrasados em 120 anos.
    Nos anos 50 e 60, a Alemanha e os Estados unidos desenvolveram protótipos de discos voadores que funcionaram perfeitamente. O tema é muito amplo, mas para terminar, saibam que este jatpack já existe a mais de quarenta anos

    ResponderExcluir