Search

O novo logotipo da Eletrobras

A Eletrobras lançou oficialmente nesta segunda-feira (22) o novo logotipo da empresa, que agora não adotará mais o acento (Eletrobrás). A idéia é que a Eletrobras (holding) se posicione com uma identidade visual única e integrada com todas as subsidiárias, como Eletronuclear, Eletrosul, Furnas, Eletronorte etc., e se torne mais competitiva mundialmente.

Segundo o presidente da estatal a nova marca posiciona a empresa como moderna, globalizada, arrojada, que fala de água, meio ambiente, biomassa, energia renovável!

Esta mudança custou cerca R$ 1 milhão. O redesenho da marca teve pesquisa interna e externa e foi desenvolvida pela consultoria Ana Couto Branding e Design.

Logotipo novo

Logotipo antigo

Minha opinião

O símbolo da logo antiga formava as letras "EB" que sugeria leituras como "Energia Brasileira" ou "Empresa Brasileira" e tinha um conceito claro relacionado à energia elétrica! Bem, numa primeira leitura o logotipo novo me passou o clichê de cores sobrepostas (azul + amarelo = verde). Por outro lado, usar as cores do Brasil é mostrar ao mundo que nossa auto-estima está em alta. Olhando... olhando... olhando... acabei percebendo a conotação de energia limpa (água, vento)! Bacana, é o novo conceito da empresa! Mas e esse esfumaçado nas pontas? Achei amador. Vai dar trabalho em algumas aplicações gráficas! Resumindo: não gostei da solução final !!!

10 comentários:

  1. Achei interessante também, representando muito bem a cara do Brasil. Acho q degradê nas pontas é que deu a sensação de movimento da água, vento etc. Concordo que não é correto para algumas aplicações, mas a tecnologia atual, inclusive de bordar camisas e outros consegue fazer esta aplicação, acho q a tecnologia atual de impressão dá essa liberdade a mais para o Designer. O degradê poderia ser substituído po pequenas linhas para facilitar as aplicações, mas não teria o mesmo efeito.
    Parabéns pela matéria e pelo Blog.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com sua argumentação a respeito do que a marca antiga oferecia e o que a nova procura dizer. Mas confesso que gostei mais do novo visual. Entretanto, a minha opinião é de amador. Não tenho uma visão aprofundada sobre o tema. Falo apenas pelo que a marca me passa em um primeiro momento.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Maurício, realmente a tecnologia está facilitando cada vez mais esse tipo de impressão. Mesmo assim achei a solução muito primária. Qualquer micreiro faria isso no corel draw... Já fiquei muitas vezes tentado a fzer isso, mas confesso que fujo desse tipo de solução. Talvez as pequenas linhas, como vc sugeriu, dessem a mesma idéia...

    Bruno, realmente o logotipo é mais agradável visualmente que o anterior! Confesso que já estou gostando mais... rs rs rs

    Obrigado pelas participações!!!

    ResponderExcluir
  4. Nunca me passou pela cabeça que aquilo formava "EB".

    Opinião de quem é um zero em design: o degradê parece muito amador.

    Por fim, o novo logo é melhor, mas também o anterior era feio de doer. Até eu faria algo melhor... e mais em conta :D

    ResponderExcluir
  5. Por um milhão de reais eu faria coisa melhor.

    ResponderExcluir
  6. Não sei como ela poderá ser reproduzida em situações "precárias" de impressão. E como os degradês ou transparências reagem com diferentes fundos? O tipo usado é ruim, tem problemas de curvas e semanticamente dá uma idéia de coisa "sufocada". Um 'E' maiúsculo primário, um 'l' e 'r' estranhos, terminações "indecisas"... puxa. Sem falar do impacto que ela passava antes. Agora parece uma marca débil, bem diferente da Eletrobrás "possante" de antes.
    Sou totalmente a favor de se renovar a identidade, e não sou do tipo que só usa cores homogêneas, figuras geométricas e Helvetica, mas até com meu certo grau de tolerância a "efeitinhos", acho que o resultado não foi bom. Isso pra mim não tem cara de marca forte. Mas também eu não vi o briefing, então vou ficar quieto.

    ResponderExcluir
  7. Bom, eu faria melhor por quinhentinhos (R$500.000) :D

    ResponderExcluir
  8. Gostei. Me trouxe uma sensação de leveza muito maior que a logo antiga. A logo antiga não passa idéia de "potência", mas de agressividade. Achei feliz o tom de azul usado na nova letra e a fonte escolhida. Gostei das cores, representando o Brasil e dando dando um aspecto meio sol, mata e oceano também. Acho que a leveza trouxe um ar de sustentabilidade ambiental (por mais que a Eletrobrás não seja um exemplo nisso). Achei o enfumaçado nas pontas sutil. Nada demais. Amplexo! Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  9. Achei muito legal a ideia da sustentabilidade...como não sei nada de Design, não tenho críticas a fazer.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Fala Renato!
    Concordo com a sua opinião em gênero, número e grau! Eu que estou acostumado a criar logos (bons logos) com verbas infinitamente inferiores imagino se não criaria alguma coisa mais interessante se dispusesse desse incentivo financeiro! rsrssss
    Abração e prazer em seguir seu blog! Dá uma olhada no meu!
    http://pcbastosdigital.blogspot.com/

    ResponderExcluir